segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Leves questionamentos...

é mais aceitável viver uma sincera loucura assumida ou se limitar à pequenas pausas de uma realidade forjada?

terça-feira, 29 de outubro de 2013

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

ø


É preciso ter-se tido um chão
para um dia sentir o PESO 
de poder perdê-lo.

g
r
a
v
i
d
a
d
e
.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Adeus, você.

sobre
vivemos o hoje, encarcerados na falsa esperança do amanhã.

sobre
vivemos desvairados, passando por cima do único respiro de vida latente: o agora.

sobre
vivemos ausentes, na espera de coisa alguma, atropelando, em uma inércia inconsciente, nosso maior regalo, nosso esquecido presente...

presente passado no futuro é futuro presente no passado: arrependimentos e memórias...

pensou faça
desejou viva
ou aceite, no tal futuro sequestrado, passar a viver de passado.

A partir de hoje, meus agoras serão memórias. Obrigada por tudo, Abuelito.